Análise Advocacia

Imagem Análise Advocacia

Sobre

O anuário Análise Advocacia é o maior e mais relevante levantamento realizado do mercado jurídico brasileiro. Para identificar quem são os mais admirados escritórios de advocacia e advogados do país, a Análise Editorial conduz todo ano uma pesquisa detalhada com os que tem mais a dizer: seus clientes.

Os executivos jurídicos das maiores companhias brasileiras são consultados pela equipe da Análise Editorial e votam nas bancas e profissionais que mais admiram, independente de utilizaremos seus serviços. O resultado é uma visão única dos serviços jurídicos disponíveis no Brasil e quem, na opinião das empresas que os contratam, são os mais qualificados para prestá-los.

A pesquisa é dividida em 19 áreas do direito: agrário, ambiental, arbitragem, cível, comércio internacional, compliance, concorrencial, consumidor, contratos empresariais, digital, imobiliário, operações financeiras, penal, previdenciário, propriedade intelectual, regulatório, societário, trabalhista, tributário. Assim, é possível identificar quem são os mais admirados em cada ramo, além de indicar as bancas que se destacam em diversas áreas.

Na edição estão relacionados os escritórios e advogados mais admirados segundo os executivos jurídicos das grandes companhias, acompanhados de perfil a respeito da sua atuação, agrupados em três categorias: full service, abrangente e especializado. A organização dos rankings é feita em cincofaixas: primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto lugar.

"Análise Advocacia 500 não tem a pretensão de aferir a qualidade dos serviços jurídicos prestados no país, nem teria competência para fazê-lo. Há ótimos advogados no topo dos mais admirados e ótimos advogados até mesmo entre os que sequer são citados no anuário. O que nos dispomos a fazer - e fazemos com uma qualidade incontestável - é relacionar os bons profissionais segundo a imagem que deixaram nos eleitores, no caso seus clientes", afirma Alexandre Secco, diretor de conteúdo da Análise Editorial.

O intuito da publicação é contribuir para aumentar a objetividade no processo de busca por profissionais da área jurídica. Não são poucas as empresas que passaram a usar o anuário como referência nas contratações. Atualmente, há casos de departamentos jurídicos que só contratam escritórios que constam na publicação.

Distribuição é feita de forma dirigida e gratuita para quem toma decisão e forma opinião no meio jurídico brasileiro.

A empresa

Logo ANÁLISE EDITORIAL

ANÁLISE EDITORIAL


Brazil


A Análise Editorial é responsável por três das mais importantes. . .
Saiba mais